Manifesto Politico Thelemita

Texto original: A Thelemic Political Manifesto

Tradução: Frater Diógennes


 

politics-hexagram-brazil

NOTA: Este manifesto não pertence a nenhuma organização. Ele é uma voz de certos princípios e aqueles que os possuem, assim sintam se livres para compartilhar.

Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.

“Acima de nós hoje pesa um perigo nunca paralelo na história. Suprimimos o indivíduo de mais e mais maneiras. Pensamos em termos de rebanho. A guerra já não mata soldados; Mata a todos indiscriminadamente … Os ditadores suprimem toda arte, literatura, teatro, música, notícias, que não satisfaçam suas exigências; Contudo o mundo move-se somente pela luz do gênio. O rebanho será destruído em massa. O estabelecimento da Lei de Thelema é a única maneira de preservar a liberdade individual e assegurar o futuro da raça humana. “-Aleister Crowley

 1. Acreditamos que chegou o momento de nos unificarmos e de lutar pela Liberdade de todos sob a Lei de Thelema.

Nós acreditamos que os Thelemitas, aqueles que aderem à Lei de Thelema que é “Faze o que tu queres”, devam se unir para lutar por nossos valores e causas compartilhados.

Temos o poder de provocar Mudanças em conformidade com nossos ideais, e de manifestar maior Liberdade de maneira tangível e material. Isso exige que nos unamos em pensamento e ação para realizar a tarefa de lutar pela Liberdade.

“Observe: o negócio antes das reuniões é este: Como vamos pôr em prática a Lei de Thelema … Nosso único negócio deve ser usar a Lei para reconstruir o mundo a partir do caos em que já está instalado. Essa fórmula é simples, e não requer treinamento especializado. “-Aleister Crowley

2. Acreditamos que todo o propósito de cada indivíduo, e seu único direito e dever na vida, é “Faze o que tu queres”; Para encontrar e fazer a sua Verdadeira Vontade.

Todos os nossos objetivos, propósitos, projetos e esforços são para este fim de nós mesmos atingirmos nossas Verdadeiras Vontades e ajudar os outros a alcançá-la também.

Num sentido social, isto significa que cada indivíduo tem o direito absoluto de cumprir a sua própria natureza e de viver da maneira que quiser, desde que não impeça a igualdade de direitos de todos os outros indivíduos como a natureza destes também. Cada um de nós idealmente permite a todos a liberdade de ser quem eles são, e viver como eles quiserem, enquanto eles nos concederem a mesma liberdade.

Num sentido político, isto significa que devemos, enquanto grupos (e como Estados e como Nações), esforçar-nos para o ideal de preservar a liberdade do indivíduo. A regra absoluta do Estado deveria ser a função da Liberdade absoluta de cada Vontade individual.  Em outras palavras, na escala política, Thelema trata de descobrir a melhor maneira de organizar uma sociedade para que a maioria das pessoas sejam capazes de fazer suas Verdadeiras Vontades com a maior Liberdade.  Os argumentos reais entre Thelemitas ocorrem por opiniões diferentes sobre como realizar esta Liberdade.

3. Devemos nos concentrar nas questões em si, e não ficar preso em argumentos pedantes.

Nós acreditamos que sermos senhores(as) de nosso próprio corpo e de nosso próprio ser é fundamental: somos totalmente contra qualquer forma de escravidão ou propriedade humana.

Acreditamos que a liberdade de pensamento, a liberdade de discurso e a liberdade de expressão em geral são de suma importância.

Cremos na liberdade de amar como se quer – “quando, onde e com quem quiserdes” (AL I: 51) – é um direito inalienável.

Nada disso é controverso, mas ainda há uma forte tendência social de se esquivar com pontos pedantes ou detalhes exagerados.

“Quando as pessoas começam a discutir sobre as coisas ao invés de fazê-las, as coisas tornam-se absolutamente impossíveis.” -Aleister Crowley

Em vez de se concentrar em determinar se uma determinada política pode ser rotulada como isto ou aquilo, ou “ismo”, ou se é Thelema light, Thelema radical ou Telêmica o suficiente, considere os efeitos concretos e tangíveis da implementação dessa política e se eles ajudam ou inibem os indivíduos no cumprimento de suas Vontades de modo mais completo e livre possível. Em vez de rotular algo como “socialismo” ou “fascismo” ou “liberalismo” ou qualquer outra coisa, considere se as ações propostas levarão ao nosso fim proposto de ajudar os indivíduos a cumprir suas Verdadeiras Vontades.  Nossas causas não são de Esquerda ou Direita; Em muitos casos, podem abranger ambos e até nenhuma destas correntes. O ponto importante é se a política mantém nossas liberdades ou se elas as diminuem.

Essa argumentação especulativa continuará indefinidamente até a eternidade, e na verdade ninguém é melhor: as palavras não valem nada a menos que levem à Ação.  Há uma abundância de pessoas poderosas e poderosas organizações lá fora, que continuam a trabalhar contra nós e praticamente tudo o que representamos. Eles estão felizes em deixar-nos sentar em torno de discutir uns com os outros sobre assuntos não-essenciais.

4. Nós estamos unidos em muitas frentes, e nós devemos agir nestas frentes no melhor de nossas habilidades.

Estamos unidos para apoiar a liberdade de expressão e a capacidade de pensar livremente e discutir livremente as nossas ideias.

Estamos unidos para apoiar os direitos das mulheres e o tratamento geral das mulheres com dignidade e respeito.

Estamos unidos em apoio à liberdade sexual e à capacidade dos adultos de se relacionarem de forma consensual e responsável, à vontade e com quem eles querem.

Estamos unidos em apoio à educação sexual, que dá aos adultos a informação de que necessitam para fazer escolhas informadas como adultos responsáveis.

Estamos unidos em apoio aos indivíduos LGBTQ, e acreditamos que cada indivíduo tem o direito de se auto identificar e de se expressar como eles querem.

Estamos unidos no apoio às pessoas de raças diferentes, minorias étnicas e culturais, e que cada indivíduo, independentemente da idade, cor, credo, orientação sexual, nacionalidade, deficiência, identidade de gênero merece tratamento justo, justo e respeitoso.

Estamos unidos em apoio à ciência e à literatura científica, reconhecendo que a mudança climática é real e que nosso ambiente precisa de medidas ativas para preservar.

Estamos unidos contra a opressiva guerra às drogas que restringe e pune os indivíduos por suas escolhas pessoais.

Estamos unidos em apoio de ter o direito de morrer como se quer, e geralmente para combater o medo da morte em nossa cultura.

… E esta não é uma lista exaustiva do que concordamos. A questão é que, mesmo que só pudéssemos concordar com uma dessas coisas, teríamos uma obrigação inerente de agir para realizar esse ideal de acordo com nossas melhores capacidades. Há muitas frentes sobre as quais se deve travar a nossa batalha pela Liberdade, e pouco para impedir que muitos atuem para manifestar estas metas. Não agir é admitir que você não mantém esses ideais, ou você é muito ambivalente com as intelectualizações e senões para ser decisivo o suficiente para agir. “Seja o porquê amaldiçoado para sempre” (AL II 29).

Naturalmente, aqueles que estão com medo lhe chamarão de ingênuo, ou dirão que você estará se deturpando a mensagem se você falar simplesmente em sua própria voz. Eles vão latir, zombar e gritar da margem, enquanto o verdadeiro esforço é feito para mover o nosso mundo para a frente, pouco a pouco, através do Serviço e do trabalho Real.

Nada disto significa que devemos ignorar as nossas áreas de discordância nem devemos tentar embaçar as distinções entre os nossos diferentes pontos de vista. No entanto: podemos categorizar e separar várias posições e argumentos para sempre, e isso não impressionará ninguém nem mudará nada. Só podemos causar Mudança em conformidade com nossas vontades coletivas se realmente trabalharmos e agirmos juntos.

5. A “magick” política está causando mudanças na sociedade, mobilizando recursos.

Isso significa que devemos absolutamente nos comprometer a gerar recursos reais e tangíveis. Os dois principais “recursos” que temos são as próprias pessoas e dinheiro. Estes não são os únicos recursos, é claro. Tempo, energia, criatividade e resistência para percorrer um longo caminho também. No entanto, no final, o sucesso é a nossa prova. Esse sucesso virá de recursos concretos, materiais e se usamos ou não esses recursos de forma inteligente.

A união nos dará a capacidade de gerar maiores quantidades de recursos do que se formos simplesmente um bando de estrelas individuais desconectadas. Precisamos nos unir a uma verdadeira galáxia, um conglomerado de estrelas que tem imenso poder gravitacional. Não é apenas lógico, é urgentemente necessário.

Estamos comprometidos com o duplo objetivo de (1) difundir a filosofia de Thelema consagrada nas três frases: “Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei”, “Amor é a lei, amor sob vontade”, e “Cada Homem e cada mulher é uma estrela “, e (2) apoiar todas aquelas causas, organizações e indivíduos que estão em harmonia com nossos objetivos. Essas coisas devem ser basicamente auto evidentes para praticamente todos os Telemitas (e para a maioria de todos se vislumbrassem uma compreensão de Thelema).

As organizações Telemitas podem e devem dirigir sua atenção para esses objetivos quando apropriado. Muitas organizações já estão fazendo este trabalho de várias maneiras, como Ordo Templi Orientis. Há muitos projetos históricos, recentes, contínuos e futuros para espalhar a Lei, bem como apoiar muitas organizações simpáticas.

Este trabalho requer a cooperação de milhares de indivíduos de todos os tipos, de todas as diferentes esferas da vida e pontos de vista. Esta “Grande Obra Maior”, como Karl Germer a chamou, de espalhar a Lei de Thelema é a luta contínua para estabelecer a Justiça.

Esta Justiça só será estabelecida através do nosso suor e lágrimas, o nosso “fogo e sangue” (AL III: 11). É somente através de nossa Força, não apenas nossas palavras e nossas melhores intenções, mas através de nosso trabalho e serviço que realmente estabeleceremos a Lei de Thelema na Terra e começar a pavimentar o caminho para uma era de Verdade e Justiça.

“Força preparará o Reinado da Justiça. Devemos começar já, como julgo, a considerar esta Justiça como o Ideal cujo Caminho devemos preparar, em virtude de nossa Força e Fogo. “-Aleister Crowley

Amor é a lei, amor sob vontade.

Advertisements